Moda Afetos Reais: Bel Lobo

post por Cantão

Moda Afetos Reais: Bel Lobo

Moda, Especiais

posts-miolobello

A arquiteta Bel Lobo está sempre com um sorriso no rosto e com as mãos à obra. À frente de mil projetos, do be.bo – escritório de arquitetura que compartilha com o marido, o também arquiteto Bob Neri e também no ar com o programa Espaço Para Dois do canal GNT, ela não sossega. Aqui ela mostra porque sua mente curiosa só sabe criar se for a partir de uma dose de afeto.

duplas_iguaisbelloo


Qual a história do seu objeto de afeto escolhido?

Tava procurando pela casa, e pensando que meu coração que ia apontar qual seria o objeto, até que abri uma gavetinha de joias pra pegar outra coisa e achei! Eu adoro esse joguinho, tenho ele desde pequena, e ele me ensinou coisas durante a vida toda, sem eu nem perceber. Esse objeto me ensina que pra você acertar as coisas, às vezes, você tem que dar uns passos pra trás. Me ensina que você tem que ser ousado às vezes, desistir de um caminho para chegar mais à frente. Me ensinou muita coisa da vida.

 posts-miolobel2

Como você demonstra afeto e deixa um pouco de você nas suas criações como arquiteta e designer?
É importante colocar afeto em tudo o que a gente faz. Fazer coisas de forma verdadeira, colocando você inteira ali, ter a escuta certa para demanda, colocar arte, depositar a sua atenção e dedicação já transmite tudo de bom que você tem aí dentro.

 

Conta uma lembrança que mexe muito com você.

São tantas… mas uma que é mais recente é que eu virei avó. Eu nunca tinha sonhado isso. Sempre falei que se meu filho e minha nora quisessem filhos, eu ia ficar feliz. Mas quando eu soube que ia ser avó, fiquei achando muito maneiro. Quando soube que era uma menina, aí eu chorei. Só tenho dois meninos, minha vida é povoada de homens. Dizem que ser avó é a sobremesa da vida… e é mesmo. Eu sinto meu coração aumentar fisicamente. Olha só, estou até chorando… é, é realmente lindo!

 

Pra fechar com o coração quentinho, deixa aqui o seu recado de afeto.

Se Deus existe, ele é amor. Eu não tenho religião, mas a minha religião é o amor. A gente veio aqui só para amar, e mais nada. A gente se perde… a vida é fácil. É só amar.

Pra garantir o look da Bel, é só clicar aqui! 😉

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
FacebookInstagramVimeoPinterestTwitter

Direto do Insta

  • A gente bateu um papo com a @isabelacapeto sobre moda, upcycling e customização. Também conversamos com a bordadeira Carminha, que encanta falando sobre o amor pelo seu trabalho. Lá no IGTV você assiste o vídeo na íntegra!

Assine nossa news

Arquivo