Arquivo: Crônicas

Crônicas letícia abre sua pasta

post por Cantão

Crônicas letícia abre sua pasta

Crônicas, Letícia Novaes

Letícia Novaes é muitas mulheres em uma só: é cantora, atriz, escritora… e ela não pára.

Você já a conhece como uma das nossas colaboradoras — da coluna “E por falar em astros…”, cheia de devaneios cativantes. Ela também é colunista do Ornitorrinco e do Segundo Caderno do jornal O Globo, e entre um texto e outro, faz shows com a banda Letuce, que lança seu terceiro álbum “Estilhaça” ainda esse ano.
continue lendo

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Crônicas os dias têm signos

post por Letícia Novaes

Crônicas os dias têm signos

Crônicas, Letícia Novaes

Não sei quando comecei a perceber que além das pessoas, os dias também tinham um signo. O dia em que conheci meu primeiro namoradinho, o dia em que entrei no teatro, o dia em que minha prima partiu desse mundo, fui observando anos depois e entendendo: “claro, minha relação com fulano era bem geminiana” ou “minha estadia no teatro foi muito pisciana”.
continue lendo

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Crônicas desacumular

post por Letícia Novaes

Crônicas desacumular

Crônicas, Letícia Novaes

Existir é complexo, como vocês já devem ter percebido até então: potes de lágrimas, potes de sorvetes, potes de gargalhadas, potes de remédios, infinitos potes para as nossas infinitas tralhas. Quando o ano vira, sempre tento dar uma geral nas minhas coisas, e para meu grande espanto, consigo eliminar 5 sacolas de lixo. Como pode? Como eu estava convivendo com cinco sacolas de lixo dentro do meu quarto? Mistérios, mistérios.
continue lendo

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Crônicas entre dois amores [por fabi secches]

post por Cantão

Crônicas entre dois amores [por fabi secches]

Crônicas, Convidados

Morei no Rio de Janeiro por pouco tempo, mas foram seis meses que mudaram minha vida. Todos os estereótipos cariocas que me foram anunciados falharam. O carioca espertalhão, que adora levar (e contar) vantagem. O carioca preguiçoso, que não quer saber de trabalhar. O carioca vaidoso, que tem no culto ao corpo uma religião. O carioca que…
continue lendo

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Crônicas saudade não tem tela [por mari zappa]

post por Cantão

Crônicas saudade não tem tela [por mari zappa]

Crônicas, Convidados

Preciso admitir que nos últimos anos me tornei, assim como 90% dos meus conhecidos, quase uma dependente dos aparelhos celulares. Brilhantes, com capas coloridas e milhões de aplicativos e funções que eu nunca vou usar na vida. Um salva-vidas no ócio do trânsito na cidade e a chave de um portal para toda e qualquer informação do universo.
continue lendo

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
FacebookInstagramVimeoPinterestTwitter

Direto do Insta

  • Salopete jeans é praticidade e versatilidade em uma peça só. Garanta a sua nas lojas e no link da bio!

Assine nossa news

Arquivo