Decor Selva cosmopolita

post por Fabiane Secches

Decor Selva cosmopolita

Decor

Denise Yui e Julia Rettmann são formadas pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo. Juntas, criaram a Selvvva: “Nosso trabalho é criar espaços de bem-estar, produzindo composições com plantas e suportes que desenhamos. Buscamos a união do conhecimento sobre as plantas com um olhar estético sempre atento a novas referências”, contam.

Denise é arquiteta e, antes da Selvvva, trabalhou com desenvolvimento de produtos, design de estampas e design editorial na revista Bravo. Julia também é arquiteta e já trabalhou como fotógrafa e assistente da artista plástica Claudia Jaguaribe, desenvolvendo trabalhos, livros e exposições.

post-selvvva-01

Abaixo, ela nos contam um pouco da história e do dia a dia da marca:

Vocês são formadas pela mesma faculdade, embora cada uma tenha uma experiência prática distinta, transitando entre arquitetura, design gráfico e fotografia. Como foi o encontro de vocês? 

Estudamos juntas e tínhamos muitos interesses e inquietações em comum. Depois que nos formamos na faculdade, ambas fomos buscar caminhos alternativos à arquitetura tradicional e sempre conversamos muito sobre possibilidades de trabalho que dessem conta dos nossos interesses. A Selvvva veio para tentar abarcar um pouco tudo isso. Percebemos que as plantas alteram profundamente os espaços e ficamos muito instigadas em explorar essa ideia na arquitetura, design de produtos, paisagismo, cenografia, design gráfico, fotografia…

Como é o processo de trabalho de vocês na Selvvva, desde a criação até a execução dos produtos?

A criação dos nossos produtos surge sempre de uma demanda prática. No dia a dia de cuidar de plantas dentro de casa e aqui na loja vamos percebendo coisas que são necessárias ou que ajudariam muito a vida de que tem plantas. Ao mesmo tempo a gente tem o hábito de trocar referências o tempo todo. Então na hora de criar um produto novo juntamos tudo: a necessidade de responder a alguma demanda prática com o desejo de usar algum material, cor, forma. Restrições e possibilidades da técnica escolhida, assim como o preço final, também determinam muito o desenho do produto.

Em pouco tempo, a Selvvva ganhou bastante atenção na mídia, encantando diferentes públicos: estiveram na Feira Plana, o maior evento de publicações independentes do Brasil, e na última edição do Lollapalooza, festival de música. Como tem sido essa experiência?

Tem sido muito gratificante! As instalações que fazemos em eventos como esses são efêmeras e por isso possibilitam uma abordagem muito diferente da que fazemos no nosso dia a dia. Quando pensamos em plantas para ter em casa, precisamos ficar atentas ao ambiente, incidência de luz e manutenção daquela planta. Nas instalações efêmeras não precisamos nos preocupar com isso e assim conseguimos ousar muito mais. Podemos trabalhar com plantas de corte e com diferentes portes, alem de muitas vezes podermos explorar cenografias com materiais diferentes, como foi o caso do tijolo e do balde nas duas feiras planas que fizemos. É sempre muito desafiador pois saímos da nossa zona de conforto e experimentamos novas ideias.

post-selvvva-03

Vocês mudaram recentemente de endereço e também se uniram à Escola de Botânica. O que planejam para esse novo momento?

A Selvvva é também (e cada vez mais) uma loja de plantas. Ao vender uma planta, achamos muito importante informar nossos clientes sobre cada espécie e sobre cuidados básicos com as plantas. E nessa troca, percebemos que as pessoas tem muito interesse em aprofundar o conhecimento sobre o assunto. Conhecemos a Escola de Botânica no início de 2016 e desde então fizemos muitas aulas deles no nosso espaço. Juntar tudo foi um passo natural. O mundo das plantas é um universo de muito aprendizado e faz todo sentido estar ao lado de pessoas que estudam e ensinam sobre o assunto.

Conciliar a parte criativa ao dia a dia mais burocrático, com funções administrativas, tem sido muito diferente do que imaginaram quando começaram a empresa?

O maior desafio é justamente esse: coordenar a parte criativa ao dia a dia mais burocrático de um negócio, com funções administrativas. A gente começou sem ter muita ideia dessa parte do trabalho, que é a maior parte! A luta é conseguir manter espaço para a criação e desenvolvimento de novas ideias.

Para saber mais, acompanhe a Selvvva no Instagram: @selvvva

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
FacebookInstagramVimeoPinterestTwitter

Direto do Insta

Instagram has returned invalid data.

Assine nossa news

Arquivo