Viagem Piódão: uma aldeia histórica em meio às montanhas de Portugal

post por Naná Coutinho

Viagem Piódão: uma aldeia histórica em meio às montanhas de Portugal

Viagem, Lá Vai Naná

O que Piódão tem de pequena tem de charmosa. A pequena aldeia insiste em permanecer escondida entre vales e montanhas cobertas por um manto verde e cercada de nascentes que formam uma belíssima paisagem natural.

Untitled-2

Localizada na Serra do Açôr, uma região com pontos de elevação consideráveis e curvas bem sinuosas, Piódão nasceu através dos pastores lusitanos, que encontraram em seus pastos e nascentes um bom lugar para alimentar seus rebanhos. Assim, ainda na época medieval, formou-se um pequeno povoado que deu origem à aldeia que atualmente abriga menos de 100 habitantes.

Untitled-9

Piódão, classificada como “Imóvel de Interesse Público”, também se destaca pelas suas construções todas em xisto, um tipo de rocha rica em compostos químicos orgânicos a partir do qual se pode produzir o chamado “petróleo de xisto”. Essas rochas podem ser divididas em lâminas, que, empilhadas, sem argamassa, formam a charmosa arquitetura da região.

Untitled-5

As vistas com as quais nos deparamos ao chegarmos à aldeia são incríveis. O clima bucólico e de total tranquilidade em meio às montanhas que abrigam um oásis de casinhas de pedra ainda não se deixou contagiar pela badalação turística que encontramos em outros lugares do país. Apesar disso, os visitantes são recebidos com muito carinho pelos poucos moradores que habitam a região.

Untitled-1

O ponto principal da aldeia é a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, um pedacinho de branco em meio aos tons de cinza que permeiam Piódão. Apesar de divergir dos padrões, a igrejinha é encantadoramente charmosa e bucólica.

A igreja fica em uma espécie de pracinha onde se concentram três pequenos restaurantes e uma lojinha com produtos regionais, artesanatos e souvenirs. É altamente recomendável sentar em um dos restaurantes, experimentar as delícias locais e puxar um papo com algum morador da região.

Untitled-6

Apesar de ser possível circular pelo entorno da aldeia de carro, para conhecer o seu interior só se for a pé. Todas as ruelas são bastante estreitas e cheia de escadas e em poucos minutos é possível percorrer todo o labirinto de ruazinhas. E a essa altura provavelmente já se terá conhecido todos os principais pontos de Piódão.

Untitled-10

A Praia Fluvial é uma das paradas obrigatórias por lá. Nos dias mais quentes o mergulho em suas água cristalinas se faz mais do que necessário. A paisagem na qual ela está inserida é o diferencial que deixa o lugar ainda mais atrativo.

Quando o sol se põe e as luzes começam a acender, vale a pena observar a aldeia de um outro ângulo. Foi assim que compreendi o apelido carinhoso de Piódão: Presépio de Portugal.

Untitled-11

Para dormir, as opções em Piódão não são muitas, mas suficientes pela quantidade de turistas que a aldeia recebe. Há um hotel grande, chamado Inatel, que fica mais afastado da pequena vila e duas casas para alugar por temporada: Casa da Padaria e Casa de Xisto. Como queria ter uma experiência mais autêntica, de cara descartei o hotel e optei por ficar na Casa de Xisto. Foi uma experiência interessante, porque dentro dela parece que é tudo em miniatura. Senti como se estivesse em uma casa de boneca.

Untitled-7

Em meio àquela paisagem única, cercada pela natureza e envolta em total calmaria, onde os moradores até hoje vivem praticamente de atividades encaradas como forma de subsistência, percebemos que o ser humano precisa de muito pouco para #viverbem e de forma harmoniosa com sua origem.

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
FacebookInstagramVimeoPinterestTwitter

Direto do Insta

Instagram has returned invalid data.

Assine nossa news

Arquivo