Lifestyle entrevista: Barbara Fontani do Amblé

post por Cantão

Lifestyle entrevista: Barbara Fontani do Amblé

Lifestyle

Pequenos empreendedores têm muito o que nos ensinar quando o assunto é consumo consciente. Um dos espaços que merecem destaque pelo conceito de sustentabilidade em Florença é o bistrô Amblé. História e significado se entrelaçam aqui como em poucos lugares. O mote do restaurante já entrega o que você encontra por lá: fresh food and old furniture (alimentos frescos e móveis antigos).

post-amble-01

O flamingo se tornou o símbolo da casa e não foi à toa: essas aves são cor de rosa porque comem camarão. Uma bela analogia ao bom e velho “você é o que come”. Mas o Amblé prolonga: você também é responsável pelo que come. E por quem produz o que você come.

O nome também foi uma escolha consciente: a palavra “amblé” é uma derivação do termo francês de equitação “emblée”, que significa “o momento que o cavalo diminui a velocidade do galope”. Esse conceito slow está em toda parte do espaço!

post-amble-09

O ambiente se divide em duas salas internas e um espaço externo com móveis e objetos de decoração com jeitinho de casa da vovó. Aqui nenhum móvel é igual ao outro e tudo está à venda. Com toda essa ida e vinda de novos objetos, a decoração vive em constante mudança.

Quando o assunto é comida, a especialidade da casa é o tramezzino, um sanduíche natural feito com pão de fôrma e ingredientes biológicos provenientes de pequenos produtores toscanos escolhidos pelos chefs e proprietários Lorenzo Nardi e Fabrizio Bodini. Diariamente, a dupla monta uma nova sugestão de recheio combinando apenas ingredientes da estação.

post-amble-10

Mas a proposta do espaço vai muito além da comida saudável ou de um gosto estético pelo vintage: é sobre as causas negativas do nosso consumismo exagerado. Conversamos com Barbara Fontani, uma das sócias fundadoras do Amblé, para saber um pouco mais sobre o que ela pensa sobre a importância da sustentabilidade:

Conte mais sobre o conceito do bistrô.

O Amblé nasceu da premissa de dividir com o mundo a nossa escolha consciente de viver e conviver no mundo de hoje.

Infelizmente, desastres ambientais são cada vez mais recorrentes, e estão destruindo o nosso planeta de forma irreparável. Podemos escolher todos os dias como viver e se comportar. Nós escolhemos reutilizar e incentivar a comunidade local a fazer o mesmo.

Compartilhe um pouco mais sobre a filosofia sustentável de vocês. Como vocês reciclam 90% do material que usam?

Em nosso processo não utilizamos nem vendemos água em garrafas plásticas, por exemplo. A garrafa plástica transmite substâncias tóxicas para a água que armazena, e principalmente, porque não é biodegradável, não é uma escolha sustentável. Preferimos o vidro, que é reutilizável.

Também utilizamos bicicletas, veículos elétricos ou transporte público para tudo o que for possível. Por isso é tão importante que compartilhemos mais. Seremos muito mais felizes assim.

post-amble-04

E os produtores? Vocês trabalham apenas com marcas locais e produtos orgânicos?

Trabalhamos somente com fornecedores locais, acompanhando de perto o trabalho de nossos parceiros. Confiamos plenamente no que eles nos oferecem, pois os conhecemos pessoalmente e sabemos da procedência dos produtos.

Nos alimentamos de forma saudável para cuidar de forma verdadeira do nosso organismo. Alimentos transgênicos e industrializados não nos fornecem a mesma energia limpa, só preenchem um vazio. Por isso, só oferecemos alimentos frescos!

post-amble-06

Seus clientes podem comprar a xícara em que tomam café, e até mesmo a cadeira em que se sentam. Tudo no Amblé está à venda?

Sim, aqui é possível comprar tudo! Das cadeiras às mesas. Dos copos às colheres. Já selecionamos até peças do século passado, que mesmo com pequenos defeitos, continuaram sendo utilizadas no serviço.

Em nossas mãos, os objetos ganham uma nova roupagem para serem utilizados e vendidos aos nossos clientes. É como um ciclo, tudo pode ganhar vida nova. Reutilizar diminui muito o impacto ambiental.

post-amble-05

Onde você encontra essas peças únicas?

Os itens do espaço foram comprados de pessoas que não os utilizavam mais. No espaço, não compramos quase nada de novo. Somente os maquinários, pois consomem menos energia que os antigos. Nossa estrutura é tão assertiva, que podemos viver os próximos 20 anos reciclando objetos usados!

Você acha que as pessoas estão se sentindo mais encorajadas a reciclar?

Acredito que sim. Por isso, fazemos questão de mostrar que viver de forma sustentável é belo e pode ser ainda mais bonito com uma pitada de fantasia.

Tem mais sobre o Amblé aqui. 😉

Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
FacebookInstagramVimeoPinterestTwitter

Direto do Insta

  • Já conferiu as novidades #ViverBem? #wabiSabi

Assine nossa news

Arquivo